BRINDE:BENCAO OU MALDICAO?

Primeiro preciso dizer que essa e a ultima vez que menciono essa palavra tao desprezada (ou seria desprezivel???) So sei que ela mudou de significado ontem na BEAUTY FAIR.

BRINDE=PRESENTE,AGRADO,MIMO?

BRINDE=MENDICANCIA,APURRINHACAO E APROVEITAMENTO QUASE "ILICITO" DE MATERIAL PROMOCIONAL POR PARTE DE "BLOGUEIRAS***"




Bom, como eu nao via o brinde pelo lado pejorativo,jamais o havia associado como tal.
E sempre pensei em gentileza.Gentileza para conosco,gentileza nossa para com vcs,qdo se sorteia o que se ganha.

E como TUDO que foi sorteado aqui, ate hj, foi feito com o coracao,juro que nao via nada de mal nisso.
E.Eu soa acida e verborragica mas tb adoro mimar as pessoas e sim sou ingenua muitas vezes.

A Re Sabino,"retwittow" de Vanilla Lace a seguinte frase:

seria muito interessante se as pessoas compreendessem que a BF e a HB são feiras de NEGÓCIOS não de DISTRIBUIÇÃO DE BRINDES

Na minha ingenua e antiga opiniao,fazia parte do negocio,se fazer conhecido???
Afinal,eu lembro, de na infancia ficar fascinada com as revistas estrangeiras e suas amostras coladas as paginas para retirarmos e experimentar.
Virar a aba e sentir a fragrancia...

Parece um ADORAVEL CONVITE.
PARECE QUE A MARCA DIZ: "EI,VEM ME CONHECER!"

E nos dias de hoje,qtas nos ja corremos atras da TELVA,da Woman e mes passado da Nova sim, por causa de um...BRINDE.

Mas nao ouse,nas FEIRAS DE NEGOCIO,principalmente se vc for BLOGUEIRA (sim,nos esses seres de "classe indefinida" entre- e eu diria acima; imprensa e midia social) a perguntar por...BRINDE.

Sabe pq ACIMA?Pq antes de tudo,cada uma de nos e CONSUMIDORA.

Entendo o ponto de vista das empresas,em querer se livras das "pentelhas cacabrindes".
So acho que convem redefinir,separar JOIO DO TRIGO.
Na minha ingenua e antiga opiniao...ja sepultada na minha pessoa de blogueira,
BRINDE fazia parte da DIVULGACAO DA MARCA.
BRINDE era parte integrante do "material publicitario".

Pq eu posso GARANTIR E DAR MINHA PALAVRA:
BLOGUEIRA DE VERDADE NAO ESTA A VENDA,NAO E PENTELHA CACA BRINDES.
BLOGUEIRA DE VERDADE  VENDE ESPACO PUBLICITARIO MAS NUNCA OPINIAO.

Ta muito na hora de separar JOIO DE TRIGO...
De separar, MIDIA SOCIAL de "arroz de festa",de gente que acha que vai encher a necessaire e os bolsos as custas dos outros.

E vc sabe quem e?Sabe a que grupo quer pertencer?
Se escolheu BLOGUEIRA PARA VALER, saiba que nao so nossas economias sao consumidas, mas nosso namoro,nossa familia,nossa vida.

Enquanto eu posto para VC,com muito AMOR,minha Marianinha desenha ao meu lado,esperando mamae acabar de "trabalhar"para assistir um filme com ela.
E uma DELICIA bloggar.E uma DELICIA ter vcs aqui comigo.

Mas nao apenas eu,com esse blog mixuruquinho e sim, todas as blogueiras que admiramos,DEDICAM:
VIDA,TEMPO,AMOR,DINHEIRO,PACIENCIA,PRIVACIDADE.

PENSA NISSO.

Dedico esse post a todas a Pri do Make Up Addicted e as colaboradoras do TRENDY TWINS:

Gabriella Squizato-Beleza
Renata Kelly-compras internacionais
Damaris-Cobertura de Eventos

Que andaram comigo e ajudaram essa mala,blogueira iniciante e meia boca,a melhorar como blogueira e se apresentar melhor na BEAUTY FAIR.

BJK

  • RSS

7 comentários:

Hellen Tavares disse...

Gente, mas que coisa horrível! Eu tb nunca tive essa visão de brindes!!! Adorava as revistas com sachezinhos tb!

Sempre achei que era mais interessante para a empresa fazer divulgação quase gratuita do que para as pessoas que ganham amostra grátis!!!

Fiquei boba!

Beijos
Hellen
http://bonitete.blogspot.com

Adriana disse...

Olá,
Também concordo, sobre "fazer parte da divulgação". Fui numa feira, fiquei um tempão na fila, fui direto nos standes de beleza, fora o desanimo das expositoras, quase não teve amostras. Uma amostra de um condicionador de um nova marca, do qual eu já arrematei um pote de 500g...só por causa da amostra, se não, eu não arriscaria na marca desconhecida.
Bjos

BelaFradique disse...

Que horror mesmo.
Adorei seu blog e estou te seguindo. Se der passa no meu, se gostar vc me segui.
bjus, bom dia.

http://novamodaemdestaque.blogspot.com/

§♥Bruxa♥§ disse...

Na Beauty Fair, eu estive em companhia de blogueiras conhecidas... Conheci algumas consideradas "tops, famosas", que foram simpáticas e tudo mais... Mas nunca, never ever, em momento algum fui atrás de stands para ganhar brinde.
Eu queria saber as novidades, saber o que viria para o mercado, poder tirar fotos (até pq para comprar eu já tinha planos de passar na ikesaki e outras lojas de varejo que lá estavam).

Em alguns stands eu fui super bem recepcionada. Nossa, foi tipo "encantador" sabe! Em outros, Jesus... só não me expulsaram pq tinham "clientes de negócios" no local.

Mas é assim... algumas empresas chegam a ser "burricas" ao não associar gentileza X gentileza. Fazemos marketing gratuíto e de alcance para o público deles. Não estamos divulgando esmalte em blog masculino, ou tentando mostrar maquiagens em sites de conteúdo esportivo... Não! Estamos trocando informações com mulheres vaidosas, consumidores de massa e que tem opinião.

Você está corretíssima em seu texto, fiquei admirada!

Venha me conhecer, será um prazer ter você lá no blog.

beijos
Ara
@maoslindas

Ana disse...

Glorinha, ainda bem que não gastei meu suado dindinzinho pra ir pra Sampa, viu. Pq eu teria rodado uma baiana! Não tô nem aí pra ganhar sachê de shampoo ou esmalte, isso tudo eu tenho dinheiro pra comprar. Mas grosseria eu não aguento. E tem mais, se a feira é só pra negócios, que não se venda ingresso pra qualquer um disposto a pagar 80 reais pra entrar, certo?

Dea アンドレア disse...

Oi Glorinha, gosteei muito do seu post!
Beijos

Maria Eugenia disse...

Concordo 100% com vc.
O problema é a ignorância de certas empresas brasileiras que pensam estar perdendo dinheiro ao ceder brindes, seja para blogueiras, que também são consumidoras, seja para futuros consumidores, a depender do produto, do tempo que tem no mercado, do preço dele é um excelente negócio oferecer uma amostra, eu mesma já comprei várias coisas após ler resenhas em blogs e foi assim que decidi montar o meu também, para contribuir, pois às vezes conhecemos um produto legal e não custa divulgar, ou ao contrário o produto é péssimo e não custa alertar.

Pena que certas empresas brasileiras ainda estão imersas em tanta ignorância, e este mal cega!!